PSB inicia punição a deputados que votaram a favor da reforma trabalhista

(Reuters) - A direção nacional do PSB iniciou já nesta quinta-feira as sanções aos dissidentes depois de quase metade da bancada na Câmar...

(Reuters) - A direção nacional do PSB iniciou já nesta quinta-feira as sanções aos dissidentes depois de quase metade da bancada na Câmara votar a favor da reforma trabalhista, alimentando um grau de incerteza sobre qual será o comportamento dos deputados na reforma da Previdência.
Segundo uma fonte do partido, foram destituídos dos comandos estaduais os deputados Danilo Forte (CE), Fabio Garcia (MT) e Maria Helena (RR) e Tereza Cristina (MS), líder da bancada.
O presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira, já havia alertado os correligionários sobre a posição do PSB, que na segunda-feira fechou questão contra as duas reformas, informaram duas fontes.
Ainda assim, 14 deputados do PSB votaram a favor da reforma trabalhista na quarta-feira, enquanto outros 16 alinharam-se à posição do partido. Quatro deputados da legenda não votaram.
Um dos que votaram a favor da reforma trabalhista foi Fernando Coelho Filho (PE), um dos ministros exonerados por Michel Temer nesta semana para engrossar o quórum governista na Câmara.
Ministro de Minas e Energia, Coelho Filho participou de reunião em que Temer decidiu exonerar ministros para votações. Na ocasião, relatou a divisão no partido, ofereceu o cargo e chegou a falar em trocar de partido.
Pelo Estatuto, as sanções podem ir de desligamento temporário da bancada à perda de todas as prerrogativas, cargos e funções que exerçam em decorrência do partido.
Além das destituições já promovidas nesta quinta, havia perspectiva de uma série de representações conta os dissidentes no Conselho de Ética e Fidelidade Partidária, podendo chegar a uma centena.
Outra fonte informou que cerca de 20 deputados entregaram um pedido nas mãos do presidente nacional do PSB para que a decisão da Executiva fosse reconsiderada. O recurso não mira a posição do partido, mas o fechamento de questão.
A resistência dos correligionários, no entanto, não comoveu a direção partidária, que mantém a intenção de punir os rebeldes.
Mais cedo nesta quinta-feira, a Executiva Nacional do PDT divulgou nota informando a expulsão do deputado Carlos Eduardo Cadoca (PE), por ter contrariado o fechamento de questão da legenda e votado a favor da reforma. Ao contrário do PSB, que participa do governo, o PDT integra a oposição.

COMENTÁRIOS

http://picasion.com/
Nome

Colunistas Noticias Politica
false
ltr
item
.: PSB inicia punição a deputados que votaram a favor da reforma trabalhista
PSB inicia punição a deputados que votaram a favor da reforma trabalhista
https://2.bp.blogspot.com/-82x0_8Y7cxA/WQKMhUiVKdI/AAAAAAAA50w/NmbIWAuo0jYPD1llhBER5NbaKeFNLN16wCLcB/s320/1200px-PSB_logo.svg.png
https://2.bp.blogspot.com/-82x0_8Y7cxA/WQKMhUiVKdI/AAAAAAAA50w/NmbIWAuo0jYPD1llhBER5NbaKeFNLN16wCLcB/s72-c/1200px-PSB_logo.svg.png
.
http://www.rederadarnews.info/2017/04/psb-inicia-punicao-deputados-que.html
http://www.rederadarnews.info/
http://www.rederadarnews.info/
http://www.rederadarnews.info/2017/04/psb-inicia-punicao-deputados-que.html
true
2997983909287158768
UTF-8
Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Leia Mais Resposta Resposta cancelada Delete Por Home PÁGINAS POSTAGENS Veja tudo MAIS NOTÍCIAS tag ARQUIVO PROCURE TODAS AS POSTAGENS Not found any post match with your request Voltar ao início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minutos atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás Mais que 5 semanas atrás seguidores Segue THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy