Governo federal marca 1ª privatização para novembro

O leilão para privatização da distribuidora de energia Celg-D, controlada pela estatal Eletrobras, será em novembro, informou nesta quar...

O leilão para privatização da distribuidora de energia Celg-D, controlada pela estatal Eletrobras, será em novembro, informou nesta quarta-feira (28) o Ministério de Minas e Energia, após uma reunião para apresentar a companhia para possíveis investidores.
O encontro ocorreu na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Ecônomico e Social (BNDES), no Centro do Rio de Janeiro.
A data do leilão inicial, prevista para agosto, foi adiada por falta de interessados em assumir a concessão. O novo edital será lançado no mês que vem. A venda da Celg-D será o primeiro teste do projeto de desestatização do governo do presidente Michel Temer.
A decisão de entregar o controle da distribuidora à iniciativa privada foi tomada durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff, entretanto, o edital do primeiro leilão, que foi cancelado, foi publicado em junho, logo após a chegada de Temer ao Planalto, enquanto Dilma estava afastada.
De acordo com Paulo Pedrosa, secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, a CPFL Energia, a Neoenergia, Enel, Energisa e Equatorial Energia estão entre as empresas interessadas em adquirir a distribuidora de energia.
"Hoje é um marco importante num processo que é muito importante para o governo.  Discutimos com potenciais investidores, compradores, a venda da Celg, que vai acontecer ainda esse ano, após nova avaliação que foi feita. Estamos trabalhando também com maior clareza para os riscos do processo", disse Paulo Pedrosa.
"Outro ponto importante é que está havendo uma melhoria no setor de investimento. Existe um interesse do governo em facilitar. Será um ambiente onde não haverá mais o intervencionismo do passado. O ambiente está melhorando e essa é a hora boa de entrar na companhia", acrescentou Paulo.
Ana Carla Abrão, secretária de Fazenda de Goiás, reforçou que a Celg passa a ser verdadeiramente um ativo à venda com o apoio do novo governo.
O valor mínimo para aquisição da companhia é R$ 1,792 bilhão (R$ 1 bilhão a menos que o valor determinado no primeiro edital), mas Wilson Ferreira Jr., presidente da Eletrobras, acredita que o comprador vai pagar mais que o preço inicial.
Ainda segundo ele, a empresa tem potecial para crescimento, já que, nos últimos cinco anos as vendas da Celg cresceram 5,8%, enquanto o mercado de eletricidade do país teve alta de 3%.

COMENTÁRIOS

http://picasion.com/
Nome

Colunistas Noticias Politica
false
ltr
item
.: Governo federal marca 1ª privatização para novembro
Governo federal marca 1ª privatização para novembro
https://4.bp.blogspot.com/-eejun7DUYDU/V-xVUi7556I/AAAAAAAA2Fk/Q88VdUW42JI7pSmLB_r8l5v6l_Y90TjMACLcB/s320/reuniao_bndes.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-eejun7DUYDU/V-xVUi7556I/AAAAAAAA2Fk/Q88VdUW42JI7pSmLB_r8l5v6l_Y90TjMACLcB/s72-c/reuniao_bndes.jpg
.
http://www.rederadarnews.info/2016/09/governo-federal-marca-1-privatizacao.html
http://www.rederadarnews.info/
http://www.rederadarnews.info/
http://www.rederadarnews.info/2016/09/governo-federal-marca-1-privatizacao.html
true
2997983909287158768
UTF-8
Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Leia Mais Resposta Resposta cancelada Delete Por Home PÁGINAS POSTAGENS Veja tudo MAIS NOTÍCIAS tag ARQUIVO PROCURE TODAS AS POSTAGENS Not found any post match with your request Voltar ao início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minutos atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás Mais que 5 semanas atrás seguidores Segue THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy